Pregamos a Cristo

Introdução: Pregar o evangelho é missão primordial da igreja. Pregar o evangelho é pregar boas novas. Pregar o evangelho é pregar o poder de Deus. Pregar o evangelho é pregar a Palavra. Nada é mais penetrante do que o evangelho. Nada é mais eficaz do que o evangelho. E por que? Porque é o evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Paulo teve um encontro com Cristo, foi transformado por Cristo, foi chamado por Cristo, recebeu de Cristo, aprendeu de Cristo, não se propôs saber outra coisa, senão a Cristo.

Paulo declarou a Timóteo “fui constituído pregador, e apóstolo, e doutor, dos gentios” (2Tm.1:11) e como “Pregador”, não fez outra coisa senão, pregar!

Em Rm.10:8 encontramos “esta é a Palavra da fé que pregamos,”

Em 1Co.1:23 encontramos “nós pregamos a Cristo”

Em 1Co.1:24 encontramos “lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus”

Em 1Co.15:11 encontramos “assim pregamos e assim haveis crido”

Em 2Co.4:5 encontramos “Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor;…”

O centro da mensagem de Paulo, foi o Cristo crucificado que ressuscitou ao terceiro dia, e isso o fez com inteira certeza da fé, como declarou:

“E se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a nossa fé”. (1Co.15:14)

Pregar a Cristo foi a missão de Paulo, assim como de Pedro, de Filipe, se Estevão e tantos outros, e essa missão continua com cada um de nós, portanto:

      1.Devemos pregar o Cristo que foi anunciado no Velho Testamento.

1.1 Os profetas anunciaram a vinda do Messias de Israel Is.53:1

1.2 Os profetas anunciaram a vinda do Salvador de todos os homens. Jd.14

1.3 Paulo disse “Cristo morreu por nossos pecados segundo as Escrituras,” 1Co.15:3

      2. Devemos pregar o Cristo que Cristo que nasceu em Belém de uma virgem.

2.1 Belém a casa do pão, a cidade do grande Rei, a cidade de Davi,  um ancestral de Jesus. (Mq.5:2; Mt.1:1; Mc.10:47)

2.2 A virgem predita por Isaías e o registro nos evangelhos. (Is.7:14;Mt.1:23;Lc.1:27)

2.3 Paulo disse: “Deus enviou seu Filho, nascido de mulher..” Gl.4:4

    3. Devemos pregar o Cristo que foi adorado pelos magos como rei.

3.1 Só se nasce rei se um pai morre, com Jesus foi diferente. (Mt.2:2)

3.2 Jesus já nasceu rei, como diz as Escrituras (Jr.23:5)

3.3 Paulo disse “..até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo;.. único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores…” (1Tm.6:14,15)

   4. Devemos pregar o Cristo cheio do Espírito e obediente até a morte.

4.1 Ele ensinou, pregou e curou cheio do Espirito Santo (Mt.4:23; At.10:38)

4.2 Ele consumou a sua obra como declarou na oração sacerdotal. (Jo.9:4;17:4)

4.3 Paulo disse: “E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz”. (Fp.2:8)

    5. Devemos pregar o Cristo que perdoa pecados.

5.1 Ele perdoou. (Mc.2:5)

5.2 Ele ensinou o perdoar. (Mc.11:25,26)

5.3 Paulo disse: “Perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vou perdoou em Cristo” (Ef.4:32)

    6. Devemos pregar o Cristo que ressuscitou os mortos e dos mortos.

6.1 Ele ressuscitou maravilhosamente, (Mc.5:41;Lc.7:14;Jo.11:44)

6.2 Ele ressuscitou poderosamente (1Co.6:14)

6.3 Paulo disse: “…nos ressuscitará também por Jesus” (2Co.4:14)

    7. Devemos pregar o Cristo que voltará

7.1 Sua volta foi predita no Antigo Testamento. (Sl.72:8; Is.9:7; 26:19-21;Dn.7:13;Dn.12:2;Zc.12:10; 14:3,4)

7.2 Sua volta foi predita no Novo Testamento.(Mt.16:27;Mc.8:38; Lc.1:32;17:24-30; Jo.14:18; 1Co.1:7,8; Ap.22:12)

7.3 Paulo disse: “Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.” 2Tm.4:8

Conclusão: A igreja verdadeira não se canse de pregar a Cristo. O pregador verdadeiro não baixa a guarda em sua missão de pregar a Cristo. Preguemos a Cristo, como Paulo disse: “Jesus Cristo, esperança nossa”! (1Tm.1:1)

Secretaria de Missões